COMPORTAMENTO DAS GERAÇÕES Y E Z QUANTO A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1004

Palavras-chave:

Geração Z, Geração Y, Educação financeira

Resumo

O estudo é referente ao tema educação financeira e sua abordagem são com as gerações Y e Z e, é evidente que há uma preocupação das diferentes gerações quanto ao futuro no campo profissional, financeiro e pessoal em relação à consciência da educação financeira. O objetivo é analisar a opinião e atitude das duas gerações, Y e Z, em relação a importância e o conhecimento sobre a educação financeira. Foi realizada uma abordagem teórica caracterizando as duas gerações, sobre educação financeira e finanças pessoais. Como método de pesquisa, foram realizadas coletas em cidades do interior do Paraná por meio da aplicação de 102 questionários, enviados via Google Forms, caracterizando amostragem não probabilística. Os principais achados apontam que 66,7% citam que têm conhecimento sobre administração financeira e 63,7% têm controle das finanças pessoais, e 89,2% alegam ter conhecimento da importância do planejamento para estabilidade financeira. 72,5% concordam que é possível fazer poupança com o salário atual, 41,2% concordam que conseguem ter acesso às informações sobre investimentos nas redes sociais e 75,5% assinalam que tem clareza de quanto economizar mensalmente para alcançar o objetivo proposto. Por fim, 78,4% concordam que têm conhecimento entre o que são gastos essenciais, necessários e supérfluos, 70,6% citam que têm conhecimento de quais gastos são mais importantes e 77,5% concordam que têm condições de contribuir com as despesas domiciliares em casa. Baseado nos resultados obtidos foi possível verificar que as duas gerações declaram ter um certo conhecimento sobre administração financeira, da mesma forma demonstram a importância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudio Luiz Chiusoli, Unicentro/Pr

Docente do curso de administração da Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO

Thiago Ferreira Spiri

Docente do ensino superior na área de Administração

Ana Lucia Mendes

Discente do curso de administração da Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO/Pr

Bruna Volski dos Santos

Discente do curso de administração da Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO/Pr

Laryssa Latczuk Eurich

Discente do curso de administração da Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO/Pr

Referências

AAKER, KUMAR, DAY, de Pesquisa Marketing. São Paulo: Atlas, 2001.

BANCO MUNDIAL. Saving for old age. Policy Research Working Paper, 7693, 2017.

BRAIDO, G. Planejamento financeiro pessoal dos alunosde cursos da área de gestão:estudo de uma instituição de ensino superior do rio grande do sul. ESTUDO &DEBATE, Lajeado,2014.

CHIUSOLI, Cláudio Luiz et al. Atividade acadêmica, tecnologia e rede social: o comportamento da geração Z. Research, Society and Development, v. 9, n. 3, p. e169932725-e169932725, 2020.

CORDEIRO, Nilton José Neves; COSTA, Manoel Guto Vasconcelos; DA SILVA, Márcio Nascimento. Educação Financeira no Brasil: uma perspectiva panorâmica. Ensino da Matemática em Debate, v. 5, n. 1, p. 69-84, 2018.

CUNHA, Clístenes Lopes da; LAUDARES, João Bosco. Resolução de problemas na matemática financeira para tratamento de questões da educação financeira no ensino médio. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 31, n. 58, p. 659-678, 2017.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

GOULART, E. E. Mídias sociais: uma contribuição de análise. 1ed. Porto Alegre (RS): EDIPUCRS/USCS, 2014.

FLICK, U. Introdução à metodologia de pesquisa: um guia para iniciante. São Paulo: Penso Editora, 2012.

KOTLER, Philip, ARMSTRONG, Gary, Princípios de Marketing. 15 ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

LIMA RIBEIRO, Atos; CHIUSOLI, Cláudio Luiz. Geração X e Y: diferenças entre o uso dos recursos tecnológicos. Revista de Administração de Empresas Eletrônica-RAEE, n. 12, p. 25-39, 2020.

LUCKE, Viviane Aparecida Caneppele et al. Comportamento financeiro pessoal: um comparativo entre jovens e adultos de uma cidade da região noroeste do estado do RS. Anais dos Seminários em Administração, v. 17, 2014.

LUZ, Elton John Ferreira; AYRES, Marcos Aurélio Cavalcante; MELO, Maria Aldiléia Silva. Orçamento Familiar: uma análise acerca da educação financeira. Humanidades & Inovação, v. 6, n. 12, p. 206-218, 2019.

MARCONI, Maria de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 8 ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MATTAR, F. N. Pesquisa de Marketing: Metodologia, planejamento, execução e análise. Elsevier Editora Ltda. 7° edição. Rio de Janeiro, 2014.

MITCHELL, O. S., LUSARDI, A. Financial literacy and economic outcomes: Evidence and policy implications. The Journal of Retirement, 3(1), 107-114, 2015.

POTRICH A.; VIEIRA, M.; KIRCH, G. Determinantes da alfabetização financeira: Proposição de um Modelo e Análise da Influência das Variáveis Socioeconômicas e Demográficas. Encontro nacional dos programas de pós-graduação em administração, 2014, Rio de janeiro. Anais... Rio de janeiro, XXXVIII ENANPAD, 2014.

SANTOS, Elaine Maria Ramos; MOREIRA, Fabiano Greter; SILVA, Luciana Codognoto. A Importância do Planejamento Para o Equilíbrio Financeiro das Famílias. Revista de Ciências Gerenciais, v. 22, n. 36, p. 129-133, 2018.

SARAIVA, Karla Schuck. Os sujeitos endividados e a Educação Financeira. Educar em Revista, n. 66, p. 157-173, 2017.

SIEGEL, Sidney; CASTELLAN, Jr, N. John Estatística Não Paramétrica para as Ciências do Comportamento. Artmed-Bookman. São Paulo, 2017.

SILVA FILHO, Lucivaldo Lourenço da. Gestão de custos e formação de preço de venda, gestão de caixa e gestão de riscos: um estudo exploratório no arranjo produtivo local gesseiro do estado de Pernambuco. 2014. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco.

SILVA, Dirceu; LOPES, Evandro Luiz; JUNIOR, Sérgio Silva Braga. Pesquisa quantitativa: elementos, paradigmas e definições. Revista de Gestão e Secretariado, v. 5, n. 1, p. 01-18, 2014.

TEIXEIRA, J. Um estudo diagnóstico sobre a percepção da relação entre educação financeira e matemática financeira. Tese (Doutorado em Educação Matemática). São Paulo: PUCSP, 2015

ZOMER, Luisa Bunn; SANTOS, Aline Regina; COSTA, Kelly Cristina de Oliveira. O perfil de alunos do curso de administração: um estudo com base nas gerações x, y e z. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, Florianópolis, p. 198-221, jun. 2018. ISSN 1983-4535.

Downloads

Publicado

28/12/2021

Como Citar

Chiusoli, C. L., Spiri, T. F., Mendes, A. L. ., Santos , B. V. dos, & Eurich , L. L. . (2021). COMPORTAMENTO DAS GERAÇÕES Y E Z QUANTO A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 3(1), e311004. https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1004

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)