COMPARATIVO DA EROSIVIDADE PLUVIAL NO PERÍODO 1980-2017 COM O ANO 2017 EM CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE, BRASIL.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1016

Palavras-chave:

Degradação do solo, condições ambientais, regiões climáticas.

Resumo

Objetiva-se a realização de análise da erosividade das chuvas na área do Cabo de Santo Agostinho - PE, Brasil, compreendido entre a série de 1980-2017 e seu comparativo com o ano de 2017 para a devida compreensão dos impactos provenientes do referido processo. Para estimar o índice de erosividade pluvial, foi utilizada a metodologia proposta por Wischmeier (1971) e Wischmeier e Smith (1958, 1978) e fazendo uso da equação simplificada por Bertoni e Lombardi Neto (1999). As informações das condições climáticas de uma determinada região são necessárias para que se possam instituir estratégias, que visem o manejo mais adequado dos recursos naturais, planejando dessa forma, a busca por um desenvolvimento sustentável para implementação de práticas agrícolas viáveis e seguras para o meio ambiente e a produtividade agropecuária da área estudada assim como a captação da água da chuva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raimundo Mainar de Medeiros

Universidade Federal Rural de Pernaumbuco - UFRPE

Manoel Vieira de França

Universidade Federal Rural de Pernaumbuco - UFRPE

Luciano Marcelo Falle Saboya

Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Moacyr Cunha Filho

Universidade Federal Rural de Pernaumbuco - UFRPE

Romildo Morant de Holanda

Universidade Federal Rural de Pernaumbuco - UFRPE

Wagner Rodolfo de Araújo

Universidade Estácio de Sá, Brasil - Graduando em Geografia Instituição: Universidade Estácio de Sá – Polo Recife

Referências

ALVARES, C.A.; STAPE, J.L.; SENTELHAS, P.C.; GONÇALVES, J.L.M.; SPAROVEK, G. Köppen's climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift 22, 711–728. 2014.

BARBOSA, G.S.; IOST, C.; SCHIESSL, M.A.; MACIEL, G.F. Estimativa da erosividade da chuva (R) na Bacia Hidrográfica do rio Manoel Alves Grande localizado no cerrado tocantinense. In: Congresso brasileiro de meteorologia, 16. Belém. 2000.

BERTONI, J.; LOMBARDI NETO, F. Conservação do Solo, 6 ed. Ícone, São Paulo. 2008.

BERTONI, J. LOMBARDI NETO, F. Conservação do solo. 2. E.São Paulo: Ícone, 2012. 355p.

CASSOL, E.S.; MARTINS, D.; ELTZ, F.L.F.; LIMA, V.S.; BUENOS, A.C. Erosividade e padrões hidrológicos das chuvas de Ijuí (RS)no período de 1963 a 1993. Revista Brasileira de Agrometeorologia, v.15, p.220-231, 2008.

KÖPPEN, W.; GEIGER, R. Klimate der Erde. Gotha: Verlagcondicionadas. Justus Perthes. n.p. 1928.

LACERDA, M.A.D.; LACERDA, R.D. Planos de combate à desertificação no nordeste brasileiro. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v.4, n.1, 2004.

MEDEIROS, R. M.; VIEIRA, L. J. S; BANDEIRA, M. M. Avaliação do índice da erosividade da chuva no município de Areia - PB no período de 1910 – 2010. INOVAGRI International Meeting. IV WINOTEC Workshop Internacional de Inovações Tecnológicas na Irrigação. 28 a 31 de maio de 2012. Fortaleza-Ceara-Brasil. 2012.

MEDEIROS, R. M.; FRANCISCO, P. R. M.; OLIVEIRA, R. C. S.; GOMES FILHO, M. F.; COSTA NETO, F.A. Erosividade da chuva na área da bacia hidrográfica do rio Uruçuí Preto- PI, Brasil visando o desenvolvimento de manejos do solo. 9° CONGRESSO DE EDUCAÇÃO AGRÍCOLA SUPERIOR AREIA-PB - 27 A 30 DE OUTUBRO DE 2014 Nº ISSN / 0101-756X.

MEDEIROS, R.M.; SANTOS, D. Balanço hídrico e erosividade em função das mudanças climáticas no Estado da Paraíba. Revista Brasileira de Geografia Física V. 08. N. 03. 327-340. 2015.

MEDEIROS, R.M.; MATOS, R.M.; SILVA, P.F.; SABOYA, L.M.F. Cálculo do balanço hídrico e da erosividade para o município de Cabaceiras-PB. Revista Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.11 n.21; p.2894. 2015.

PEÑALVA-BAZZANO, M.G.; ELTZ, F.L.F.; CASSOL, E.A. Erosividade e características hidrológicas das chuvas de Rio Grande (RS). Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.34, n.1, p.235-244. 2010.

PIRES, F.R.; SOUZA, C.M. Práticas mecânicas de conservação do solo e da água, 3 ed. Editora UFV, Viçosa. 2013.

SANTOS, T.E.M.; MONTENEGRO, A.A.A. Erosividade e padrões hidrológicos de precipitação no Agreste Central pernambucano. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande v.16, n.8, p.871–880. 2012.

SILVA, V.P. R; PEREIRA, E.R. R; AZEVEDO, P.V; SOUSA, F.A. S.; SOUSA, I.F. Análise da pluviometria e dias chuvosos na região Nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v.15, n.2, p.131–138, 2011.

SIMIONI, J.P.D; ROVANI, F.F.M; IENSSE, A.C; WOLLMANN, C.A. Caracterização da Precipitação Pluviométrica na Microbacia Hidrográfica do Rio Ibicuí, RS. Revista do Departamento de Geografia – USP, v.28, p. 112-133, 2014. Disponível em < http://www.revistas.usp.br/rdg/article/view/90008/92798>. Acessado em 04/13/2017.

THOMAZ, E.L. The influence of traditional steep land agricultural practices on runoff and soil loss. Agriculture, Ecosystems and Environment, v.130, n. 1, p. 23-30. 2009.

WISCHMEIER, W.H.; JOHNSON, C.B.; CROSS, B.V. A soil erodibility nomograph for farmaland and construction sites. Journal of Soil and Water Conservation, Ankeny, n.26, p.189-193, 1971.

WISCHMEIER, W.H.; SMITH, D.D. Rainfall energy and its relationship to soil loss. Transactions of the American Geophysical Union, Washington, v.39, n.2, p.285-291, 1958.

WISCHMEIER, W.H.; SMITH, D.D. Predicting rainfall erosion losses: a guide to conservation planning. Washington: USDA, 58p. 1978.

Downloads

Publicado

31/12/2021

Como Citar

Mainar de Medeiros, R., Vieira de França, M., Marcelo Falle Saboya, L., Cunha Filho, M., Morant de Holanda, R., & Rodolfo de Araújo, W. (2021). COMPARATIVO DA EROSIVIDADE PLUVIAL NO PERÍODO 1980-2017 COM O ANO 2017 EM CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE, BRASIL. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 3(1), e311016. https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1016

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>