DEPRESSÃO PÓS-PARTO: MANIFESTAÇÃO BIOPSICOSSOCIAL

Autores

  • Julianne Milenna Padilha Rolim
  • Milena Freitas da Silva
  • Socorro Wesllaine de Siqueira Tavares

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v2i6.449

Palavras-chave:

depressão, pós-parto, psicologia, biopsicossocial

Resumo

Este estudo trata-se de uma revisão bibliográfica sobre os sinais e sintomas de depressão pós-parto, explorando o contexto biopsicossocial. O objetivo é discutir sobre os aspectos sintomatológicos da depressão pós-parto, permitindo viabilizar uma melhor clareza sobre o assunto para puérperas, profissionais da área e áreas afins, bem como para a sociedade em geral. A coleta de dados se se baseou em análise de livros e artigos científicos da área de saúde, pesquisados nas plataformas Scielo, Google acadêmico e Capes. Os artigos foram divididos conforme os indexadores: depressão, pós-parto, fatores biológicos, sociais e psicológicos. O resultado obtido a partir da revisão bibliográfica mostram que evidenciou-se o sentimento de despreparo e de incapacidade da mulher ante a maternidade, conjecturando um fator preponderante para o desenvolvimento da depressão pós-parto, deixando-a suscetível ao sentimento de fracasso e de incompetência para ser mãe.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julianne Milenna Padilha Rolim

Autarquia de Ensino Superior de Saúde

Downloads

Publicado

17/07/2021

Como Citar

Padilha Rolim, J. M., Milena Freitas da Silva, & Socorro Wesllaine de Siqueira Tavares. (2021). DEPRESSÃO PÓS-PARTO: MANIFESTAÇÃO BIOPSICOSSOCIAL. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 2(6), e26449. https://doi.org/10.47820/recima21.v2i6.449

Edição

Seção

ARTIGOS

Categorias