A TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL: FITOESTROGÊNIO E OU SINTÉTICO DIMINUI OS SINTOMAS DO CLIMATÉRIO?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1046

Palavras-chave:

Menopausa, Reposição hormonal, fitoestrogênio

Resumo

O trabalho teve como objetivo comparar as terapias de reposição hormonal sintética com as de fitoestrogênios e suas relações com os sinais e sintomas da menopausa. O método de pesquisa foi através de uma revisão integrativa da literatura científica nacional e internacional. As  plataformas de busca foram: Scielo, EbscoHost, Pubmed, Portal Capes e BVS nos últimos 5 anos, no período de abril a maio de 2021,  com os descritores em ciências da saúde (DeCS): Menopausa, Reposição hormonal, fitoestrogênio. A pesquisa inicial resultou em  404 artigos, destes foram selecionados 16 artigos, que responderam ao objetivo proposto. Os resultados mostram que as terapias de reposição hormonal sintética e/ou com fitoestrogênios podem ser administradas para minimizar os sinais e sintomas do climatério. Toda terapia hormonal necessita de uma avaliação prévia do estado geral de saúde, bem como do histórico de doenças familiares. Feito isso, estas são opções de tratamento eficazes para as mulheres passarem por essa fase da vida evitando algumas complicações causadas pela baixa estrogênica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Brenda Vargas

 

Universidade Luterana do Brasil (ULBRA)

Ana Maria Pujol Vieira dos Santos

Bióloga, Professora dos cursos de graduação Biomedicina e Educação Física e do Mestrado em Promoção da Saúde, Desenvolvimento Humano e Sociedade da Universidade Luterana do Brasil/Ulbra. Canoas-RS

Maria Isabel Morgan Martins

Bióloga pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Profa. Adjunta do Programa de Pós Graduação em Promoção da Saúde e Desenvolvimento Humano e Sociedade na Universidade Luterana do Brasil - ULBRA. Canoas-RS

Referências

ABEDI, P. et al. Effect of fennel vaginal cream on sexual function in postmenopausal women: a double blind randomized controlled trial. J. Med. Life. Romenia, v. 11, n. 1, jan. /Mar. 2018. Disponível em: <​​https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5909942/>

COSTA, J. P. L., et al. ​​Randomized double-blind placebo-controlled trial of the effect of Morus nigra L. (black mulberry) leaf powder on symptoms and quality of life among climacteric women, International Journal of Gynecology & Obstetrics. São Paulo, v. 148, n.2, 2019. Disponível em: <https://obgyn.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/ijgo.13057>

ESPITIA-DE-LA-HOZ, F. J. Terapia de reemplazo hormonal combinada con testosterona para el tratamiento del trastorno del deseo sexual hipoactivo en mujeres en climaterio. Arch Med. Manizales, v. 20, n.1, 2020. Disponível em: <https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1053232>

FARIA, C. P. F. OLIVEIRA, F. Q. Fitoestrogênios como alternativa na terapia de reposição hormonal no climatério. Revista Brasileira de Ciências da vida. v. 5, n. 1, 2017.​​ Disponível em: <http://jornalold.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/528>

FERREIRA, W. C. et al. Terapia de Reposição hormonal bioidêntica: eficaz e segura?. In Congresso Internacional em Saúde. n. 8, July/2021. Disponível em:

KIM, J. et al. Inhibitory effects of Leonurus sibiricus on weight gain after menopause in ovariectomized and high-fat diet-fed mice. J. Nat. Med. Tokyo, v. 70, n. 3, July/2016.Disponível em: <https://link.springer.com/article/10.1007/s11418-016-0971-7>

KUSHWAHA, P. et al. A neoflavonoid dalsissooal isolated from heartwood of dalbergia sissoo roxb. has bone forming effects in mice model for osteoporosis. Eur. J. Pharmacol. Amsterdam, v. 788, Oct. /2016. Disponível em: <https://europepmc.org/article/med/24803361>

RAHIMIKIAN, F. et al. Effect of Foeniculum vulgare Mill. (fennel) on menopausal symptoms in postmenopausal women: a randomized, triple-blind, placebo-controlled trial. Menopause. New York, v. 24, n. 9, Sept. /2017. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/316992862_Effect_of_Foeniculum_vulgare_Mill_fennel_on_menopausal_symptoms_in_postmenopausal_women_a_randomized_triple-blind_placebo-controlled_trial>

REL, B. A. R., OLDRA, C. M., FRIGO, M, KOEHNLEIN, E. A. Fatores de risco para doenças cardiovasculares e ingestão dietética em mulheres climatéricas não usuárias de Terapia de Reposição Hormonal (TRH). Rev. Inst Adolfo Lutz. São Paulo, v. 78, 2019. Disponível em: <https://periodicos.saude.sp.gov.br/index.php/RIAL/article/view/35862>

RIBEIRO, E. Efeito da isoflavona associada ou não ao probiótico comparado a terapia hormonal nos sintomas urogenitais da menopausa: ensaio clínico randomizado. UEC, Campinas, 2019. Disponível em: <​​https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/CAMP_16e3d2e4cebcc0a6cdcbc423c1c8a42b>

SELBAC, M. T, ​et al.​ ​Mudanças comportamentais e fisiológicas determinadas pelo ciclo biológico feminino – climatério a menopausa. Revista Aletheia. Canoas, vol. 51, n.1-2, dez/2018. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/pdf/aletheia/v51n1-2/v51n1-2a16.pdf>

SILVA, B. SIOCHETTA, T. M. BERLEZI, E. M. Medicinal plants used for treatment of menopause-related disorders. rev. Ciências Médicas e Biológicas. Salvador, v. 19, n. 1, jan/abril 2020. Disponível em: <https://repositorio.ufrn.br/bitstream/123456789/33354/1/UsoDePlantas_Pacheco_2021.pdf>

SILVA, M. M. et al., Contemporary evidence on the use of hormonal replacement therapy. v. 2, n. 2, 2019. Disponível em: <https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/1269>

SILVEIRA, A. L. R. et al. Evaluation of the knowledge level about hormonal replacement therapy in the climate of women assisted in an outpatient clinic of a private faculty in Minas Gerais. rev. Interdisciplinar Ciências Médicas. v. 4, n. 2, 2020. Disponível em: <http://revista.fcmmg.br/ojs/index.php/ricm/article/view/424>

SOUZA, M. T. et al. Revisão integrativa: O que é e como Fazer. Eistein. São Paulo, v. 8, n. 2, jan/2010. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/eins/a/ZQTBkVJZqcWrTT34cXLjtBx/?format=pdf&lang=pt>

SOUZA, N. R. R. et al. Correlation Between hormonal replacement therapy in the menopause and the development of neoplasms. BJSCR. v. 25, n. 2, dez/2018. Disponível em: <https://www.mastereditora.com.br/periodico/20190103_213618.pdf>

SPRITZER, P. M.; REIS, F. M. Reposição homonal no climatério: Princípios terapêuticos embasados em evidências. Reprod Clim. v. 13, n. 1, 1998. Disponível em: <https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-216532>

USHA, S. et al. Trends in Prescribing Menopausal Hormone Therapy and Bisphosphonates in Australia and Manitoba, Canada and Adherence to Recommendations. J Womens Heath (Larchmt). v. 29, n. 2, fev/2020. Disponível em: <​​https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31895627/>

WADA, T. et al. Impact of central and peripheral estrogen treatment on anxiety and depression phenotypes in a mouse model of postmenopausal obesity. PLoS One., Japão, v. 13, n. 12, 2018. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30589890/>

ZINGUE, S. et al. Estrogenic effects of Ficus umbellata Vahl. (Moraceae) extracts and their ability to alleviate some menopausal symptoms induced by ovariectomy in Wistar rats. J. Ethnopharmacol. Limerick, v. 179, Feb. / 2016. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26771069/>

Downloads

Publicado

08/01/2022

Como Citar

Vargas, B., Pujol Vieira dos Santos, A. M., & Morgan Martins, M. I. (2022). A TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL: FITOESTROGÊNIO E OU SINTÉTICO DIMINUI OS SINTOMAS DO CLIMATÉRIO?. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 3(1), e311046. https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1046

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)