DISTÚRBIOS NEUROVISUAIS CAUSADOS POR LUZ AZUL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v3i3.1247

Palavras-chave:

transtornos da visão, autismo, smartphone, insônia

Resumo

O uso excessivo de tecnologias na atualidade pode provocar alterações consideráveis no sistema neurovisual. A apresentação de luz excessiva através de telas de smartphones ou monitores demonstra-se nociva à saúde visual e ocular, produz irritabilidade, interfere no desenvolvimento, no sono e em relacionamento interpessoal. Atribui-se as alterações oculares e sistêmicas à exposição a luz azul emitida por equipamentos que possuem LED (Diodo Emissores de Luz) como monitores, tela de celulares e lâmpadas. Estudos em crianças de 1 a 3 anos de idade, expostas a tecnologias, apontam mudanças comportamentais similares a transtornos de espectro autista. Através de revisão bibliográfica e de artigos indexados nas plataformas Scielo, Bireme e Google Scholar, busca-se compilar e elucidar os danos potenciais à exposição excessiva e indiscriminada à luz azul.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Trentin Sonoda

Professor Coordenador WEducar - OWP Educação. Docente SER Educação/AL e  Pós Graduação FAELO/PE

Graduado em Tecnologia em Óptica e Optometria - Universidade Braz Cubas(UBC). Especialista em Docência no ensino superior(UNIBF). Estudos de Oftalmologia (UNIBF). Pericia Judicial (IPEMIG)  Terapia Oftalmica (FACUMINAS).

 

Alessandro Araújo, OWP Educação - W Educar

Tecnico em Óptica (OWP), Tecnico em Optometria (OWP), Graduado em Gestão de Empresas.

Referências

ARIES, M. B. C.; BEGEMANN, S. H. A.; ZONNEVELDT, L.; TENNER, A. D. Retinal illuminance from vertical daylight openings in office spaces. In: RIGHT LIGHT, 5, 2002, Nice. Proceedings… Nice, 2002.

LAUREN, Paul. DANEMAN, Nick. SCHARTZ, Kevin. Association Between Screen Time Exposure in Children at 1 Year of Age and Autism Spectrum Disorder at 3 Years of Age. The Japan Environment and Children’s Study. Jama Aug 16,2021. DOI: 10.1001/jamapediatrics.2021.2770

AZEVEDO, J. C. Dependência Digital. 2a ed., Campos dos Goytacazes/RJ: Brasil Multicultural, 2017. CAMINHA, V.L.P.S.; [et al]. Autismo: vivências e caminhos. São Paulo: Blucher, 2016

AMORIN, Gessica. Autismo virtual: um fenômeno real e alarmante. 31/3/21. ISSN 2675-049X. Disponível em: <http://www.revistanursing.com.br/autismo-virtual-um-fenomeno-real-e-alarmante/>. Acesso em 15 de fevereiro de 2022.

BEHAR-COHEN, et al. Light-emitting diodes (LED) for domestic lighting: any risks for the eye? Prog Retin Eye Res. 2011 Jul;30(4):239-57. doi: 10.1016/j.preteyeres.2011.04.002. Epub 2011 May 14. PMID: 21600300.

BEZERRA, Artemir. Astenopia e suas consequências, mai.2018. Rev. Óptica Net

https://opticanet.com.br/secao/colunaseartigos/11869/astenopia-e-suas-consequencias

CZEISLER,1986. Bright Light Resets the Human Circadian Pacemaker Independent of the Timing of the Sleep-Wake Cycle, C.A., SLEEP RESEARCH 15: 266 (1986).

DALEY, Mike. Hindsight is 20/20/20: Protect Your Eyes from Digital Devices. VISION CONCIL.ORG. Disponível em: https://www.pcom.ph/sites/default/files/downloads/vc_digitaleyestrain_report2015.pdf

DIAS, Fabrizia M. A. et al. AUTISMO VIRTUAL: AS IMPLICAÇÕES DO USO EXCESSIVO DE SMARTPHONES E TABLETS POR CRIANÇAS E JOVENS. 2019. ANAL 24. Seminário Int. Edu. Tec. E Soc. 2019. Disponível em: <https://seer.faccat.br/index.php/redin/article/download/1455/918

Fotopigmento ajusta o relógio biológico. Cienc. Cult., São Paulo , v. 54, n. 2, p. 17, Oct. 2002 . Available from <http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252002000200016&lng=en&nrm=iso>. access on 01 Mar. 2022.

KLIN, Ami. Autismo e síndrome de Asperger: uma visão geral. Brazilian Journal of Psychiatry [online]. 2006, v. 28, suppl 1 [Acessado 1 Março 2022] , pp. s3-s11. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S1516-44462006000500002>.

HOLZMAN, David C. “What's in a color? The unique human health effect of blue light.” Environmental health perspectives vol. 118,1 (2010): A22-7. doi:10.1289/ehp.118-a22

KUSHIMA, Association Between Screen Time Exposure in Children at 1 Year of Age and Autism Spectrum Disorder at 3 Years of Age. The Japan Environment and Children’s Study. Jama Network. 2022. Disponível em: <https://jamanetwork.com/journals/jamapediatrics/fullarticle/2788488>. Acesso em 15 de fevereiro de 2022.

LAMPHAR, Héctor A. S. KOCIFAJ, Miroslav. Light Pollution in Ultraviolet and Visible Spectrum: Effect on Different Visual Perceptions. 2013. Disponível em: <https://journals.plos.org/plosone/article/file?id=10.1371/journal.pone.0056563&type=printable>. Acesso em 17 de fevereiro de 2022.

LAMPHAR, HAS. Ergoftalmologia: analisis de los factores que inciden en la astenopia de los trabajadores de inspeccion visual en la industria electrónica de ciudad de Juárez. Ciencia & Trabajo, 2006; 21: 135-140.

MELLO, Marcio Makiyama. Sistema de análise de transmitâncias em lentes solares. 2014. Dissertação (Mestrado em Processamento de Sinais de Instrumentação) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2014. doi:10.11606/D.18.2014.tde-21052014- 075547. Acesso em: 08 ago. 2021.

NOTOMI, Eduardo H. INFLUÊNCIA DA LUZ AZUL SOBRE O SONO. 2019. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Disponível em: <http://riut.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/17548/1/CT_CEEST_XXXVII_2019_15.pdf>. Acesso em 16 de fevereiro de 2022.

OESTREICHER, L.M. and Heffler, K.F. Causation model of autism: Audiovisual brain specialization in infancy competes with social brain networks. Medical hypotheses, 2015. Disponível em: < https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26146132/>.

RAMOS, Luís F. F. et al. Espectrofotometria de lentes oftálmicas filtrantes coloridas sob radiação ultravioleta a e luz visível. 2003. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/abo/a/9r8tt4KRKH64Pz68bLxHqjg/?lang=pt>. Acesso em 15 de fevereiro de 2022.

SHANANHAN, T. L.; CZEISLER, C. A. Physiological effects of light on human circadian pacemaker. Sem Perinatal, v. 24, n. 4, 2000. p. 299-320.

SONODA, Rodrigo. et al. Optologia III – Aprendizagem. Florianópolis: C.Autores, 2021.

SONODA, R.; DA SILVA, F. K. UV E A PROTEÇÃO EM LENTES DE ÓCULOS. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, [S. l.], v. 2, n. 7, p. e27583, 2021. DOI: 10.47820/recima21.v2i7.583. Disponível em: https://recima21.com.br/index.php/recima21/article/view/583. Acesso em: 10 mar. 2022.

STRINGUETA, Paulo Cesar. et al. Luteína: propriedades antioxidantes e benefícios à saúde. Alimentos e Nutrição Araraquara. 2006. Disponível em: <http://200.145.71.150/seer/index.php/alimentos/article/download/268/261>. Acesso em 17 de janeiro de 2022.

VANDEWALLE, GUILLES. Tends in Cognitive Neuroscience- Volume 13, Issue 10, October 2009, Pages 429-438. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1364661309001685#!

ZAMFIR, M. T. The consumption of virtual environment more than 4 hours/day, in the children between 0-3 years old, can cause a syndrome similar with Autism Spectrum Disorder. Journal os Romanian Literacy Studies. Issue n. 13, page 953-968, page 13, 2018

Downloads

Publicado

14/03/2022

Como Citar

Sonoda, R. T., & Araújo, A. (2022). DISTÚRBIOS NEUROVISUAIS CAUSADOS POR LUZ AZUL. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 3(3), e331247. https://doi.org/10.47820/recima21.v3i3.1247

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)