DINÂMICA ESPACIAL E TEMPORAL DA COBERTURA DO SOLO NA MICROBACIA E ZONA RIPÁRIA DO RIO TAMARUPÁ, RONDÔNIA, BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v3i6.1513

Palavras-chave:

Uso e ocupação do solo, Recursos hídricos, Código florestal

Resumo

A supressão excessiva da vegetação nativa contribui para a perda de qualidade ambiental na microbacia hidrográfica, logo, é necessário entender a dinâmica de uso e ocupação do solo para planejar as atividades antrópicas visando o desenvolvimento econômico e a conservação dos recursos naturais. Assim, objetivou-se com o presente estudo, avaliar a dinâmica de uso e ocupação do solo na microbacia e zona ripária do rio Tamarupá, no período de 1990 e 2020. Foi utilizado o software QGIS 2.10.1 e imagens dos satélites Landsat 5 e Landsat 8. A microbacia do rio Tamarupá tem área de 61,32 km2, e no ano de 1990 apresentava 44% da área com cobertura de floresta nativa. Em 2020, houve uma redução de 21% em relação ao ano de 1990, representando uma perda de 12,71 km2 de floresta nativa na microbacia. Com relação a zona ripária, observou-se que entre os anos de 1990 a 2010, sua área era de 12,81 km2, porém, passou para 6,38 km2 no ano de 2020, em decorrência das alterações no Novo Código Florestal, sancionado no ano de 2012. No último ano de análise (2020), a área da zona ripária era ocupada por 3,87 km2 de floresta nativa e 2,46 km2 de agropecuária. A mudança no Código Florestal, principalmente no que tange à zona ripária, tende a reduzir a qualidade ambiental, uma vez que essa área é essencial para a proteção do solo e a manutenção da qualidade dos recursos hídricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleidiane Maria Alves

Universidade Federal de Rondônia

Marta Silvana Volpato Sccoti

Universidade Federal de Rondônia

Renan Fernandes Moreto

Universidade Federal de Rondônia

Lindomar Alves de Souza

Universidade Federal de São Carlos

Jhony Vendruscolo

Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Referências

ALVARES, C. A.; STAPE, J. L.; SENTELHAS, P. C.; GONÇALVES, L. M.; SPAROVEK, G. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, v. 22, n. 6, p. 11-728, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507

ARROIO JUNIOR, P. P. Avaliação da produção e transporte de sedimentos na bacia hidrográfica do Rio Itaqueri, município de Itirapina e Brotas – SP. São Carlos-SP: Universidade de São Paulo, 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental)

BARROS, Y. J.; KUMMER, L.; NUNES, T.; MELLEK, J. E.; JESUS, M. R. G.; ANDRETTA, R. L.; FAVARETTO, N. Influência de diferentes usos e ocupações do solo na qualidade da água dos igarapés Pirarara e Tamarupá, em Cacoal – RO. Revista Ciências Agrárias, v. 53, n. 1, p.102-107, 2010. DOI: http://dx.doi.org/10.4322/rca.2011.014.

BETIOLO, A. S.; ANDRADE, N. L. R. Aspectos técnicos para revitalização de bacias hidrográficas com enfoque em nascentes: um panorama de projetos no Brasil e no estado de Rondônia. Ciência Geográfica, v. 24, n. 2, p. 517-534, 2020.

BRASIL. Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012. Código Florestal Brasileiro. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato20112014/2012/Lei/L12651compilado.htm>. Acesso em: 25 de novembro de 2021.

BRASIL. Lei nº 4.771, de 15 de setembro de 1965. Código Florestal Brasileiro. Disponível em: <https://www.icmbio.gov.br/cepsul/images/stories/legislacao/Lei/1965/lei_4771_1965_rvgd_antigocodigoflorestal_rvgd_lei_12.pdf>. Acesso em: 24 de fevereiro de 2022.

BRASIL. Território de Rondônia Território Rio Machado. Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável do Território Rio Machado. Porto Velho-RO: MDA/SDT/RIOTERRA, 2014. Disponível em:<https://rioterra.org.br/pt/wp-content/uploads/2016/03/PTDRS-TRM-2014_VF_ISBN.pdf>. Acesso em: 12 de fevereiro de 2021.

BRITO, R. N. R.; ASP, N. E.; BEASLEY, C. R.; SANTOS, H. S. S. Características Sedimentares Fluviais Associadas ao Grau de Preservação da Mata Ciliar - Rio Urumajó, Nordeste Paraense. Acta Amazonica, v. 1, n. 39, p.173-180, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0044-59672009000100017

CAVALHEIRO, W. C. S.; SANTOS JÚNIOR, N. R. F.; SILVA, E. S.; RODRIGUES, A. L. B.; FERREIRA, E.; VENDRUSCOLO, J. Antropogeormorfologia da microbacia do rio Terra Nova, Amazônia, Brasil. Revista Científica Multidisciplinar, v. 3, n. 1, p. e311039-e311039, 2022. DOI: https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1039

CRIADO, R. C.; PIROLI, E. L. Geoprocessamento como ferramenta para a análise do uso da terra em bacias hidrográficas. Revista Geonorte, v. 3, n. 4, p. 1010-1021, 2012. Disponível em:<https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/5244>. Acesso em: 03 de fevereiro de 2022

CPRM - Serviço Geológico do Brasil. Geologia e recursos minerais do estado de Rondônia. Porto Velho: CRPM, 2018. Disponível em: https://rigeo.cprm.gov.br/xmlui/bitstream/handle/doc/10277/sig_rondonia.zip?sequence=10&isAllowed=y. Acesso em: 12 de fevereiro de 2022.

FRANCA, R. R. Climatologia das chuvas em Rondônia – período 1981-2011. Revista Geografias, v. 11, n. 1, p. 44-58, 2015.

INCRA - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Acervo fundiário. Brasília: INCRA, 2018. Disponível em: <http://acervofundiario.incra.gov.br/acervo/acv.php>. Acesso em: 15 de novembro de 2018.

INCRA - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Superintendência Regional Rondônia - SR 17: Assentamentos - Informações Gerais. Brasília-DF: INCRA, 2017. Disponível em: <https://painel.incra.gov.br/sistemas/index.php>. Acesso em: 15 de novembro de 2021.

INPE - Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais. Catálogo de imagens. Disponível em: <http://www.dgi.inpe.br/CDSR/>. Acesso em: 29 de novembro de 2021.

LANDAU, E. C; CRUZ, R. K.; HIRSCH, A.; PIMENTA, F. M.; GUIMARÃES, D. P. Variação geográfica do tamanho dos módulos fiscais no Brasil. Sete Lagoas-MG: Embrapa Milho e Sorgo, 2012. (Documentos, 146)

MACEDO, T. M.; FULAN, J. Â.; PEREIRA, C. V. L.; GOMES, M. L. S.; SOUZA, R. F. S.; CAVALHEIRO, W. C. S.; VENDRUSCOLO, J. Características hidrogeomorfométricas e dinâmica da cobertura da terra na microbacia Prosperidade, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista Científica Multidisciplinar, v. 3, n. 1, p. e311019, 2022. DOI: https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1019

MENDES, D. M.; COSTA, D. P.; ROSA, D. M.; VENDRUSCOLO, J.; CAVALHEIRO, W. C. S.; RODRIGUES, A. A. M. Morfometria e desmatamento da microbacia do rio Pirarara, Cacoal, Rondônia. Research, Society and Development, v. 10, n. 9, p. e3310917266, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i9.17266

NASCIMENTO, C. P. O processo de ocupação e urbanização de Rondônia: uma análise das transformações sociais e espaciais. Revista de Geografia, v. 27, n. 2, p. 53-69, 2010. Disponível em: <https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistageografia/article/view/228806/23218>. Acesso em: 3 de janeiro de 2021.

PANZA, M. R; DONEGÁ, M. V. B; PACHECO, F. M. P; NAGAO, E. O; HARA, F. A. S.; CAVALHEIROS, W. C. S.; VENDRUSCOLO, J. Características da paisagem para manejo dos recursos naturais na microbacia do Rio Jacuri, Amazônia Ocidental, Brasil. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 12, p.101532-101558, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.34117/bjdv6n12-592

PEIXOTO, R. A. O. Estudo do transporte de sedimentos na bacia hidrográfica do Rio Jordão - UPGRH-PN1. Uberlândia-MG: Universidade Federal de Uberlândia, 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil)

QGIS Development Team. QGIS Geographic Information System. Open Source Geospatial Foundation Project, 2015. Disponível em: <https://qgis.osgeo.org>. Acesso em: 20 de novembro de 2021.

RODRIGUES, A. R.; MATAVELLI, C. J. As principais alterações do Código Florestal Brasileiro. Revista Brasileira de Criminalística, v. 9, n. 1, p. 28-35, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.15260/rbc.v10i1.471

RORIZ, P. A. C.; FEARNSIDE, P. M. A construção do Código Florestal Brasileiro e as diferentes perspectivas para a proteção das florestas. Revista Novos Cadernos NAEA, v. 18 n. 2, p. 51-68, 2015. Disponível em: <https://periodicos.ufpa.br/index.php/ncn/article/view/1866/2691> Acesso em: 21 de fevereiro de 2021.

SANTOS JUNIOR, N. R. F.; CAVALHEIRO, W. C. S.; SOUZA, E. F. M.; SOUZA, R. F. S.; FERNANDES, I. M.; FULAN, J. Â.; VENDRUSCOLO, J. Análise hidrogeomorfométrica e dinâmica de cobertura da terra da microbacia do rio Formoso, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista Científica Multidisciplinar, v. 3, n. 2, p. e321134, 2022. DOI: https://doi.org/10.47820/recima21.v3i2.1134

SANTOS JUNIOR, N. R. F.; FULAN, J. Â.; SOUZA, R. F. S.; CAVALHEIRO, W. C. S.; SERRANO, A. M.; BORGES, M. V. V.; SENNA, D. S.; VENDRUSCOLO, J.; SOUZA, E. F. M. Caracterização hidrogeomorfométrica temporal da paisagem da microbacia do rio Jaçanã, Rondônia, Brasil. Revista Científica Multidisciplinar, v. 3, n. 3, p. e331242, 2022. DOI: https://doi.org/10.47820/recima21.v3i3.1242

SANTOS, L. P.; ROSA, D. M.; CAVALHEIRO, W. C. S.; VENDRUSCOLO, J.; ROSSEL, E. C. F.; BIGGS, T. Hidrogeomorfometria e índice de desmatamento da microbacia do rio Tinguí, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista Geográfica Venezolana, v. especial, p. 40-56, 2019. Disponível em: <http://www.saber.ula.ve/handle/123456789/46154>. Acesso em: 14 de março de 2022.

SEDAM - Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental. Atlas Geoambiental de Rondônia. Porto Velho-RO: SEDAM, 2002.

SILVA, F. A.; TRONCO, K. M. Q.; VENDRUSCOLO, J.; OLIVEIRA, J. N.; CAVALHEIRO, W. C. S; ROSA, D. M.; STACHIW, R. Geoprocessamento aplicado a hidrogeomorfometria e índice de desflorestamento na microbacia do rio D’Alincourt, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista Geográfica Venezolana, v. especial, p. 210-225, 2019. Disponível em: <https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7358633>. Acesso em: 23 de fevereiro de 2021.

TAMBOSI, L. R.; VIDAL, M. M.; FERRAZ, S. F. B.; METZGER, J. P. Funções eco-hidrológicas das florestas nativas e o Código Florestal. Estudos Avançados, v. 29, n. 84, p. 151-162, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-40142015000200010.

TRUBILIANO, C. A. B; SÃO PAULO, K. Colonização pela “pata da vaca”: apontamentos sobre ocupação, migração e precarização da mão de obra rural na Zona da Mata Rondoniense. Revista Trilhas da História, v. 6, n. 11, p. 42-57, 2016. Disponível em: <https://periodicos.ufms.br/index.php/RevTH/article/view/3265>. Acesso em: 18 de dezembro de 2021.

VENDRUSCOLO, J.; ARAUJO, M.G.S.; FERREIRA, L.R.; ROSA, M. D.; HARA, F.A.S. O uso de geotecnologias na caracterização geométrica, topográfica e hidrográfica da microbacia do rio Tamarupá, Amazônia Ocidental, Brasil. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 1, p. 4245-4264, 2021b. DOI: 10.34117/bjdv7n1-286

VENDRUSCOLO, J.; BOONE, N.R.V.; MORETO, R.F.; SANTOS JUNIOR, N. R.R.; SOARES. G. S.; LIMA, A.C.R.; CAVALHEIRO, W.C.S.; SCOTTI, M.S.V.; MAIA, E.; HARA, F.A.S. Características da paisagem da sub-bacia do rio Escondido, Amazônia sul-ocidental, Brasil. Research, Society and Development, v. 10, n. 3, p. e22210313253, 2021a. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13253

VENDRUSCOLO, J.; CAVALHEIRO, W. C. S.; ROSA, D. M.; STACHIW, R.; VENDRUSCOLO, R.; SIQUEIRA, A. S.; BIGGS, T. Hidrogeomorfometria e desmatamento na microbacia do rio Manicoré, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista Geográfica Venezolana, v. especial, p. 226-241, 2019.

VENDRUSCOLO, J.; SANTOS JUNIOR, N. R. F.; MACEDO, T. M.; DONEGÁ, M. V. B.; FULAN, J. Â.; SOUZA, R. F. S.; CAVALHEIRO, W. C. S. Características hidrogeomorfométricas e dinâmica da cobertura da terra na microbacia do rio Ariranha, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista Científica Multidisciplinar, v. 3, n. 1, p. e311034, 2022. DOI: https://doi.org/10.47820/recima21.v3i1.1034

VENDRUSCOLO, J.; SILVA, A. F; CAVALHEIRO, W. C. S.; STACHIW, R.; MARIN, A. M. P.; BIGGS, T. Índice de desmatamento na Bacia do Rio Bamburro durante o período de 1985 a 2015, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista Geográfica Venezolana, v. 58, n. 2, p. 378-393, 2017. Disponível em: <https://www.redalyc.org/pdf/3477/347753793008.pdf>. Acesso em: 21 de dezembro de 2021.

Downloads

Publicado

03/06/2022

Como Citar

Maria Alves, C., Silvana Volpato Sccoti, M., Fernandes Moreto, R., Alves de Souza, L., & Vendruscolo, J. (2022). DINÂMICA ESPACIAL E TEMPORAL DA COBERTURA DO SOLO NA MICROBACIA E ZONA RIPÁRIA DO RIO TAMARUPÁ, RONDÔNIA, BRASIL. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 3(6), e361513. https://doi.org/10.47820/recima21.v3i6.1513

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>