POTENCIAL DAS GEOTECNOLOGIAS PARA MONITORAMENTO DO IMPACTO DA COLONIZAÇÃO NA FLORESTA NATIVA NA MICROBACIA DO RIO ENGANADO, AMAZÔNIA OCIDENTAL, BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v2i7.588

Palavras-chave:

Sensoriamento remoto, dinâmica da cobertura, monitoramento ambiental

Resumo

A floresta amazônica é considerada a maior floresta tropical do mundo, com abundância de recursos hídricos. Apesar da grande riqueza desta região, constata-se o avanço desenfreado do desmatamento e, consequentemente, o potencial de degradação ambiental destes recursos. Em face ao exposto, o trabalho objetivou demonstrar o potencial das geotecnologias para o monitoramento da cobertura florestal na Amazônia Ocidental, usando como exemplo a microbacia do rio Enganado. A análise da microbracia foi realizada com o Índice Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI), com imagens dos Landsat 5 e Landsat 8, referentes aos anos de 1987, 1997, 2007 e 2017. A microbacia tem área total de 152,64 km2, e área de mata ciliar de 28,18 km2.  Em 30 anos o processo de colonização ocasionou desflorestamentos constantes na microbacia e na área de mata ciliar do rio Enganado, chegando a 73,23% e 70,90% no ano de 2017, respectivamente. Esse cenário denota a suscetibilidade a escassez hídrica na microbacia, pela perda de quantidade e qualidade da água, sendo recomendado medidas mitigadoras visando a recuperação das áreas de matas ciliares e a implantação se sistemas florestais e/ou agroflorestais na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renan Fernandes Moreto, Universidade Federal de Rondônia

Engenheiro Florestal Autônomo

 

Silvania Fernandes de Mira, Universidade Federal de Rondônia

Engenheira Floretal Autônoma

Nilson Reinaldo Fernandes dos Santos Júnior

Universidade Federal de Rondônia

Jhony Vendruscolo, Universidade Federal do Amazonas

Universidade Federal do Amazonas

Wanderson Cleiton Schmidt Cavalheiro

Cavalheiro Engenharia Rural e Empresarial Ltda

Rosalvo Stachiw, Universidade Federal de Rondônia

Universidade Federal de Rondônia

Diogo Martins Rosa, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental

Downloads

Publicado

22/08/2021

Como Citar

Moreto, R. F., Mira, S. F. de ., Soares, G. dos S. ., Santos Júnior, N. R. F. dos, Vendruscolo, J., Cavalheiro, W. C. S., Stachiw, R., & Rosa, D. M. (2021). POTENCIAL DAS GEOTECNOLOGIAS PARA MONITORAMENTO DO IMPACTO DA COLONIZAÇÃO NA FLORESTA NATIVA NA MICROBACIA DO RIO ENGANADO, AMAZÔNIA OCIDENTAL, BRASIL. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 2(7), e27588. https://doi.org/10.47820/recima21.v2i7.588

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>