O PAPEL DA HIDROTERAPIA EM TRATAMENTO COM IDOSOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v2i9.781

Palavras-chave:

processo de envelhecimento é responsável por alterações funcionais

Resumo

O processo de envelhecimento é responsável por alterações funcionais e motoras do corpo humano, faz parte do ciclo natural e orgânico. Objetivo: sintetizar qual a função da hidroterapia no processo de redução destes riscos, bem como na condução dos exercícios em idosos. Métodos: Fora realizada uma consulta bibliográfica no período de 1990 a 2021, usando como base de dados os sites Pubmed e Scielo, em seguida uma entrevista via Gooole forms com 10 idosos que praticam a Hidroterapia. Resultados: O envelhecimento é compreendido como um período em que o indivíduo encontra-se mais propenso a doenças e agravos, visto que suas condições fisiológicas são reduzidas com o passar dos anos. A atividade física atua como promotora na redução destes riscos. E se tratando de idosos, a hidroterapia é uma das mais indicadas atualmente, visto seus benefícios e suas características. Conclusão: a pratica de atividades físicas são responsáveis por promover a saúde e o bem estar. A hidroterapia atua como promotora da volta de equilíbrio, da marcha e dos cognitivos sensores em idosos. Atua entre as mais diversas doenças, sejam reumáticas, neurológicas ou motoras, além de reestabelecer o convívio entre os idosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thayla Gomes Soares

Graduanda em Fisioterapia pela Fundação Educacional de Caratinga e Centro Universitário de Caratinga Campus de Nanuque-MG.

Patrícia Brandão Amorim

Doutora em Saúde Pública pela Universidade Americana - Paraguai. Possui mestrado em Meio Ambiente e Sustentabilidade e graduação em Fisioterapia pelo Centro Universitário de Caratinga (2001); Especialização em Autogestão em Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz e Fisioterapia Aplicada à Saúde da Mulher pela Universidade Gama Filho. Atualmente é coordenadora do Curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Caratinga, na Unidade de Nanuque/MG e professora titular nos demais cursos da área da saúde. Tem experiência na área de Fisioterapia, com ênfase em Fisioterapia Dermato-funcional e Uroginecologia

Referências

ASSIS, R. S. et al. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, v. 1 n.5, p. 62–75, 2007.

BONARDI, G.; SOUZA, V.; MORAES, J. Incapacidade funcional e idosos um desafio para os profissionais de saúde Functional incapacity and the aged a challenge to health care professionals. Scientia Medica, v. 17, n. 3, p. 138–144, 2007.

CÂMARA, L.; BASTOS, C.; VOLPE, E. Resistance exercise in frail elderly: a literature review. Fisioterapia em Movimento, v. 25, n. 2, p. 419–432, 2012.

CANDELORO, J. M.; CAROMANO, F. A. Efeitos de um programa de hidroterapia na pressão arterial e freqüência cardíaca de mulheres idosas sedentárias. Fisioterapia e Pesquisa, v. 15, n. 1, p. 26–32, 2008.

CORDEIRO, L. M. et al. Qualidade de vida do idoso. Acta Paulista de Enfermagem, v. 28, n. 4, p. 361–6, 2015.

FHON, J. R. S. et al. Síndrome de fragilidade relacionada à incapacidade funcional no idoso. ACTA Paulista de Enfermagem, v. 25, n. 4, p. 589–594, 2012.

FHON, J. R. S. et al. Prevalencia de quedas de idosos em situacao de fragilidade. Revista de Saúde Pública, v. 47, n. 2, p. 266–273, 2013.

FRANCIULLI, Patrícia Martins et al. Efetividade da hidroterapia e da cinesioterapia na reabilitação de idosos com histórico de quedas. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, v. 20, n. 3, 2015.

GUIRRO, E; GUIRRO, R. Fisioterapia DermatoFuncional: Fundamentos, Recursos e Patologias. Barueri, SP: Manole, 2007.

LEE, Y. The predictive value of self assessed general, physical, and mental health on functional decline and mortality in older adults. Journal of Epidemiology and Community Health, v. 54, n. 2, p. 123–129, 2000.

LENARDT, M. H. et al. Artigo Original Physical activity of older adults and factors associated with pre-frailty. Acta Paul Enferm, v. 26, n. 3, p. 269–75, 2013.

LINDA, F. et al. Frailty in Older Adults: Evidence for a Phenotype. The Journals of Gerontology Series A: Biological Sciences and Medical Sciences, v. 56, n. 3, p. M146–M157, 2001.

LUSTOSA, L. P. et al. Efeito de um programa de resistência muscular na capacidade funcional e na força muscular dos extensores do joelho em idosas pré-frágeis da comunidade: Ensaio clínico aleatorizado do tipo crossover.Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 15, n. 4, p. 318–324, 2011.

MACIEL, Á. C. C.; ARAÚJO, L. M. DE. Fatores associados às alterações na velocidade de marcha e força de preensão manual em idosos institucionalizados. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 13, n. 2, p. 179–189, 2010.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 2005

MONTEIRO, N.; NERI, A.; CEOLIM, M. Insomnia symptoms, daytime naps and physical leisure activities in the elderly: FIBRA study campinas. Revista da Escola de Enfermagem, v. 48, n. 2, p.239–246, 2014.

MOURA, Júlia Araújo; Efetividade de um programa de fisioterapia aquática na capacidade aeróbia, dor, rigidez, equilíbrio e função física de idosos com osteoartrite de joelho. Fisioterapia Brasil, v. 18, n. 2, p. 165-171, 2017.

OLIVEIRA, B. H. D. et al. Relações entre padrão do sono, saúde percebida e variáveis socioeconômicas em uma amostra de idosos residentes na comunidade: Estudo Ciênc. Saúde coletiva, v. 15, n. 3, p. 851–860, 2010.

PORTER, S. Fisioterapia de Tidy. 13 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

RESENDE, S.; RASSI, C.; VIANA, F. Hidroterapia_Trabalho2_Idosos_Prevençaodequedas. v. 12, n. 1, p. 57–63, 2008.

ROCHA JÚNIOR, Paulo Roberto; MOSSINI, Gabriela Lais Godinho; SANTOS, Bruna Mastroldi. Análise dos parâmetros físico-funcionais de idosos com osteoartrite de joelhos submetidos a um protocolo de reabilitação aquática. Estud. interdiscip. envelhec, p. 177-187, 2015.

RUWER, S. L.; ROSSI, A. G.; SIMON, L. F. Equilíbrio no idoso. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, v. 71, n. 3, p. 298–303, 2005.

ZAITUNE, M. P. DO A. et al. Fatores associados à prática de atividade física global e de lazer em idosos: Inquérito de saúde no estado de são paulo (ISA-SP), Brasil. Cadernos de Saude Publica, v. 26, n. 8, p. 1606–1618, 2010.

Downloads

Publicado

25/10/2021

Como Citar

Gomes Soares, T., & Brandão Amorim, P. . (2021). O PAPEL DA HIDROTERAPIA EM TRATAMENTO COM IDOSOS. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 2(9), e29781. https://doi.org/10.47820/recima21.v2i9.781

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>