ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS E CLÍNICOS DA ESQUISTOSSOMOSE URINÁRIA NA POPULAÇÃO DO MUNICIPIO DE METANGULA NO DISTRITO DE LAGO, PROVÍNCIA DE NIASSA, NORTE DE MOÇAMBIQUE

Autores

  • Wilson Samuel

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v2i7.561

Palavras-chave:

Esquistossomose urinária. Epidemiológia. Factores de risco

Resumo

A esquistossomose urinária, é uma doença de veiculação hídrica causada pelo Schistossoma haematobium, é uma parasitose endémica em Moçambique, afectando sobretudo crianças e jovens dos meios suburbanos e rurais. O presente estudo teve como objectivos avaliar a prevalência e os potenciais factores de risco da transmissão por Schistossoma haematobium na população de Município de Metangula, no distrito do Lago. Foi realizado um estudo transversal entre Maio e Junho de 2021, que englobou um inquérito epidemiológico e recolheram-se amostras únicas de urina na população de Município de Metangula, numa amostra aleatória de 369 indivíduos, de ambos os sexos, com idades entres os 0 aos 35 anos. A prevalência de S. haematobium foi de 60,2%. A infecção foi predominante no sexo masculino, contudo, o risco de infecção foi maior no grupo etário dos 0 aos 15 anos. A hematúria macroscópica foi o sinal clínico mais frequentemente referido pelos indivíduos, seguida pela cor vermelha ou acastanhada na urina. Estes sinais e sintomas estavam significativamente associados à infecção. O comportamento dos indivíduos tais como urinar no lago, tomar banho e nadar no lago e nas lagoas circunvizinhas constituem potenciais focos de transmissão de S. haematobium no distrito de Lago em geral e no Município de Metangula em particular. Os resultados sugerem que a esquistossomose urinária é um problema de saúde pública na população do distrito do Lago, província de Niassa, norte de Moçambique  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilson Samuel

Departamento de Saúde Militar - Ministério da Defesa Nacional

Downloads

Publicado

30/08/2021

Como Citar

Samuel, W. (2021). ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS E CLÍNICOS DA ESQUISTOSSOMOSE URINÁRIA NA POPULAÇÃO DO MUNICIPIO DE METANGULA NO DISTRITO DE LAGO, PROVÍNCIA DE NIASSA, NORTE DE MOÇAMBIQUE. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 2(7), e27561. https://doi.org/10.47820/recima21.v2i7.561

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)