CORRELAÇÃO ENTRE A MICROBIOLOGIA E OS FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM: ESTUDO REFLEXIVO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47820/recima21.v2i6.427

Palavras-chave:

Enfermagem, Microbiologia, Atenção Primária à Saúde, Ambiente de Trabalho

Resumo

No processo de trabalho da enfermagem, os profissionais estão sujeitos a riscos de diferentes cunhos, entre eles se destaca o risco biológico. Nesse sentido, situa-se a microbiologia, área da ciência que estuda os seres vivos presentes no ambiente. Um número reduzido desses podem causar doenças, logo, possuir conhecimento sobre as particularidades dos microorganismos e de como se prevenir deles torna-se essencial para a saúde do trabalhador. Diante disso, o objetivo desta pesquisa foi refletir sobre os patógenos presentes no ofício diário da enfermagem na Atenção Primária. Para isso, realizou-se um levantamento bibliográfico e posterior interpretação dos textos aliados aos fundamentos teóricos da enfermagem. Com isso, foi possível identificar quatro categorias que permeiam este fenômeno: Carência do estudo da microbiologia, Baixo investimento no controle de infecções na Atenção Básica, Contaminação microbiológica no exercício da enfermagem, Biossegurança e o ambiente de trabalho. Assim, apesar da Estratégia de Saúde da Família (ESF) ser a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), a cultura hospitalocêntrica ainda vigora nas políticas de saúde nacionais e microbiológicas, ao passo que a inexistência de um rigoroso controle das contaminações leva ao desconhecimento da mesma, bem como a escassez de estudos na área. Infere-se que a enfermagem tem na sua essência o cuidado não somente com os indivíduos como também com o ambiente, e o resgate desse ideal poderá corroborar para uma melhora no bem-estar de todos os envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Maranduba Littleton Lage, Universidade de Vassouras

Acadêmico de Enfermagem. Integrante do Núcleo de Pesquisa Trabalho, Meio Ambiente, Arte e Emoções em saúde (Nupetmae-CNPq). Aluno de Iniciação Científica-IC. Universidade de Vassouras. RJ, Brasi.

Brenda da Silva França, Universidade de Vassouras

Acadêmica de Enfermagem. Integrante do Núcleo de Pesquisa Trabalho, Meio Ambiente, Arte e Emoções em saúde (Nupetmae-CNPq). Aluna de Iniciação Científica-IC. Universidade de Vassouras. RJ, Brasil

Victória Ribeiro Teles, Universidade de Vassouras

Acadêmica de Enfermagem. Integrante do Núcleo de Pesquisa Trabalho, Meio Ambiente, Arte e Emoções em saúde (Nupetmae-CNPq). Aluna de Iniciação Científica-IC. Universidade de Vassouras. RJ, Brasil -

Taís Souza Rabelo, Universidade de Vassouras

Acadêmica de Enfermagem. Integrante do Núcleo de Pesquisa Trabalho, Meio Ambiente, Arte e Emoções em saúde (Nupetmae-CNPq). Aluna de Iniciação Científica-IC. Universidade de Vassouras. RJ, Brasil -

Márcia Cristina Moccellin, Universidade Federal Fluminense

Psicóloga. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem – Mestrado Profissional Ensino na Saúde: Formação docente interdisciplinar para o SUS da Universidade Federal Fluminense – MPES/UFF. Integrante do Núcleo de Pesquisa Trabalho, Meio Ambiente, Arte e Emoções em saúde (Nupetmae-CNPq). RJ, Brasi.

Fabiana Ramos Vargas, Secretaria Municipal de Saúde de Vassouras

Enfermeira. Servidora-Enfermeira na Secretaria Municipal de Saúde de Vassouras, RJ. Integrante do Núcleo de Pesquisa Trabalho, Meio Ambiente, Arte e Emoções em saúde (Nupetmae-CNPq). Graduada pela Universidade de Vassouras. RJ, Brasil.

 

Downloads

Publicado

06/07/2021

Como Citar

Tavares, M. de M., Lage, G. M. L. ., França, B. da S., Teles, V. R. ., Rabelo, T. S. ., Moccellin, M. C. ., & Vargas, F. R. . (2021). CORRELAÇÃO ENTRE A MICROBIOLOGIA E OS FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM: ESTUDO REFLEXIVO . RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218, 2(6), e26427. https://doi.org/10.47820/recima21.v2i6.427

Edição

Seção

ARTIGOS

Categorias